CAMPANHA – A Presença de Deus em minha Casa

A Presença de Deus em minha casa.

Primeira Semana

2 Samuel : 6: 11  E ficou a arca do SENHOR em casa de Obede-Edom, o giteu, três meses; e abençoou o SENHOR a Obede-Edom, e a toda a sua casa.

A arca simboliza a Presença de Deus e onde a Presença de Deus é recebida com temor , reverência e desejo de Sua Presença, Deus abençoa em pouco tempo.

 

Texto: 2Cronicas 30: 8  Não endureçais agora a vossa cerviz, como vossos pais; dai a mão ao SENHOR, e vinde ao seu santuário que ele santificou para sempre, e servi ao SENHOR vosso Deus, para que o ardor da sua ira se desvie de vós. 9  Porque, em vos convertendo ao SENHOR, vossos irmãos e vossos filhos acharão misericórdia perante os que os levaram cativos, e tornarão a esta terra; porque o SENHOR vosso Deus é misericordioso e compassivo, e não desviará de vós o seu rosto, se vos converterdes a ele.

Um apelo à voltar a andar com Deus (dai a mão), e buscar a comunhão na Casa de Deus (santuário) e servir ao Senhor para que a benção venha sobre o lar(vossos irmãos e vossos filhos acharão misericórdia), porque Deus é bom, misericordioso e compassivo.

2 Crônicas 29: 1-11Trata da posição tomada de Ezequias em verificar que as portas do templo estivera fechada e no primeiro mês de seu reinado, já abre e repara (conserto). (vs. 1-3)

CORRELAÇÃO:No reparo as portas do templo, pode-se buscar a correlação em 1 Reis 18:30 que trata da Restauração, frisando que sem restaurar o que está quebrado, não há garantia de uma nova Aliança.  (Elias)

Após o primeiro ato, ele chama os sacerdotes (pastores) para consagrar e tirar aquilo que impedia o povo de cultuar ao Senhor (2 Crônicas 29: 4, 5)

O reconhecimento que o erro foi nosso e não de Deus, quando O abandonamos deixando lhe prestar culto. (2 Crônicas 29: 6-9)

APELO:

O convite de Deus através de Ezequias é para fazermos  uma Aliança  com o Senhor, pois Ele nos escolheu para prestar-lhe culto e servir (Vs. 2 Crônicas 29: 10,11)

 

Pastor Sidney

 ___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ 

Eu e minha casa Serviremos ao Senhor

Referente a segunda semana da Campanha:

Josué 24: 14Agora, pois, temei ao SENHOR, e servi-o com sinceridade e com verdade; e deitai fora os deuses aos quais serviram vossos pais além do rio e no Egito, e servi ao SENHOR.15Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao SENHOR, escolhei hoje a quem sirvais; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao SENHOR.

 

Posso falar pelos meus filhos? Nos dias de hoje, o que atrai meus filhos?

Educação no lar

Exemplo dos pais

Quando os pais cultuam ao Senhor a possibilidade de seus filhos cultuarem é sempre bem maior.

Mas como deve ser dado este exemplo?

Deuteronômio 6: 1-13 (só ler)

7 Tu os inculcarás a teus filhos, e deles falarás, seja sentado em tua casa, seja andando pelo caminho, ao te deitares e ao te levantares.

13 Temerás o Senhor, teu Deus, prestar-lhe-ás o teu culto e só jurarás pelo seu nome.

 

Como posso evitar que minha família se perca?  Temendo ao Senhor e dando a Ele o culto e a honra devida.

O Senhor diz através de Paulo: Crê no Senhor Jesus e será salvo tu e tua casa. Atos 16:31

Quando é falado que minha casa é salva?

Quando recebo em minha casa pessoas que trazem consigo a presença de Deus. A Palavra da salvação. (“Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue?”  (Romanos 10 : 14))

Atos 16: 30E, tirando-os para fora, disse: Senhores, que é necessário que eu faça para me salvar? 31E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa. 32E lhe pregavam a palavra do Senhor, e a todos os que estavam em sua casa. 33E, tomando-os ele consigo naquela mesma hora da noite, lavou-lhes os vergões; e logo foi batizado, ele e todos os seus.34E, levando-os à sua casa, lhes pôs a mesa; e, na sua crença em Deus, alegrou-se com toda a sua casa.

Paulo e Silas foi levado à casa do carcereiro que lhes lavou as feridas e ali ouviram a Palavra de Salvação. O carcereiro e sua família

A comunhão é fundamental para que a benção seja liberada.

Salmos 133

Mateus 18:20

Exemplo de salvação associado a participação de toda família (NOÉ) Toda a família, inclusive as noras participavam da construção da Arca e foram salvas do dilúvio.

Convide seus filhos, genros, noras e netos para construirem a Presença de Deus em suas casas, através do culto ao Senhor.

O Senhor te liberta para que de culto ao Senhor. Exodo 8: 1DEPOIS disse o SENHOR a Moisés: Vai a Faraó e dize-lhe: Assim diz o SENHOR: Deixa ir o meu povo, para que me sirva.

 

Louve ao Senhor com sua família.

Pastor Sidney

 

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

O Deus que interage:

Terceira Semana

Exodo 3: 7E disse o SENHOR: Tenho visto atentamente a aflição do meu povo, que está no Egito, e tenho ouvido o seu clamor por causa dos seus exatores, porque conheci as suas dores. 8  Portanto desci para livrá-lo da mão dos egípcios, e para fazê-lo subir daquela terra, a uma terra boa e larga, a uma terra que mana leite e mel; ao lugar do cananeu, e do heteu, e do amorreu, e do perizeu, e do heveu, e do jebuseu. 9  E agora, eis que o clamor dos filhos de Israel é vindo a mim, e também tenho visto a opressão com que os egípcios os oprimem. 10Vem agora, pois, e eu te enviarei a Faraó para que tires o meu povo (os filhos de Israel) do Egito. 11Então Moisés disse a Deus: Quem sou eu, que vá a Faraó e tire do Egito os filhos de Israel? 12E disse: Certamente eu serei contigo; e isto te será por sinal de que eu te enviei: Quando houveres tirado este povo do Egito, servireis a Deus neste monte. 13Então disse Moisés a Deus: Eis que quando eu for aos filhos de Israel, e lhes disser: O Deus de vossos pais me enviou a vós; e eles me disserem: Qual é o seu nome? Que lhes direi? 14E disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós.

Deus havia visto o sofrimento de seu povo que se encontrava a quatrocentos e trinta anos (Exodo12:40)no Egito (a profecia era de quatrocentos anos Gn. 15:13).Deus havia recebido o clamor de seu povo que estava sofrendo debaixo da escravidão de Faraó. A Bíblia relata que Deus desceu para livrá-los e escolheu a Moisés para essa tarefa.

Havia uma promessa de bênçãos para o povo Hebreu e Deus não esquece as promessas, nem a que Ele faz, nem as que nós fazemos à Ele. Quando Deus tem promessas, Deus cumpre.

(“Porém, o SENHOR disse a Moisés: Teria sido encurtada a mão do SENHOR? Agora verás se a minha palavra se há de cumprir ou não.”(Números 11 : 23))

Moisés precisa identificar o nome que ele está representando ali perante os filhos de Israel e pergunta a Deus como será isso e Deus responde dizendo: EU SOU O QUE EU SOU e dirá aos filhos de Israel que O EU SOU me enviou a vós. Isso deveria bastar, pois em meio a tantos deuses que eles conheceram ali ou ouviram falar, eles sabiam que o Deus de seus pais era aquele que interage com seus filhos. “Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti que trabalha para aquele que nele espera.”(Isaías 64 : 4)

Não era um Deus mudo, inanimado, como diz em Salmos 115: 4-7, então esse tipo de identificação era suficiente para os Hebreus crerem que Deus havia ouvido seu clamor e viera para libertá-los.

Talvez um dia você tenha dito: Deus me ajude! Não foi uma oração eloquente, talvez nem tenha sido considerado por você como uma oração, mas foi o suficiente para chamar a atenção de Deus, e se estamos hoje aqui pode ser uma resposta de Deus à sua oração.

Deus não nos ajuda por que merecemos: Deus nos ajuda porque nos ama!

Muitos de nós achamos que Deus nos abençoa porque merecemos, porque fazemos tudo certinho, mas não é isso que a Bíblia diz. Em Efésios 2 verso 1 diz: E VOS vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados, […] 4  Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, 5  Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), 6  E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus;

Que Maravilha!!!

Você lembra da passagem da libertação do Egito? Não há grandes registros de perfeição, de cultos prestados a Deus pelo seu povo, mas, vemos ali relatos de sofrimento e clamor por parte de seu povo e o mais forte disso, havia uma promessa (Gn. 15: 13-14) o que foi suficiente para chamar a atenção de Deus.

O texto de Efésios diz que nós estávamos mortos em nossos pecados quando Cristo nos vivificou. Que culto, que perfeição ou o que um morto em pecados pode oferecer para um Deus que é Santo? O que fez com que Deus se voltasse a nós para nos dar vida novamente? “E vendo que ninguém havia, maravilhou-se de que não houvesse um intercessor; por isso o seu próprio braço lhe trouxe a salvação, e a sua própria justiça o susteve.”(Isaías 59 : 16)

Isso mesmo Deus olhou e viu que não havia ninguém que pudesse interceder por nós, Ele mesmo se vestiu de justiça e com a força de seu braço nos trouxe a salvação. A Bíblia diz que o Verbo se fez carne…(João 1:14)

O amor de Deus se manifestou em Graça Favor não merecido) e somente pela Graça Dele é que fomos e somos alcançados e salvos.

Ainda que não mereçamos, Ele está pronto para nos ouvir e nos abençoar.

Deus livrou seu povo da escravidão do Egito, enviando Moisés, Deus nos livrou da escravidão do nosso Egito (mundo), enviando Jesus.

E por te amar, Ele te faz uma promessa: Deus tem uma promessa para sua vida?

 

Deus te abençoe!

Pastor Sidney

 ___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

O Chamado

Quarta Semana

 

Lucas 5:1-11

O primeiro contato de Pedro com Jesus, o fez conquistar tudo o que queria,

o segundo contato de Pedro com Jesus o levou a deixar tudo que sempre quis.

João 21:15  E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros. 16Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas. 17Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: SENHOR, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.

 

Jesus chama Pedro e por três vezes lhe pergunta a respeito do amor que este deve ter por Jesus.

Em nenhuma outra parte da Bíblia vamos encontrar tal forma de confronto entre Jesus e Pedro ou qualquer outro discípulo ou seguidor.

O que Jesus faz agora é sim um confronto, por quê?

Se voltarmos ao primeiro dia em que Pedro e Jesus se encontram, vamos ver que os propósitos de Pedro não eram os mesmos propósitos de Jesus. Jesus veio para buscar e salvar os que se haviam perdido (Lucas 19:10), já os propósitos de Pedro era bastante diferente dos propósitos de Jesus, Pedro queria ter sucesso em sua vida profissional, e até mesmo familiar, visto que ele era um pescador, Pedro era um profissional e o encontro de Pedro e Jesus, não acontece no dia de sua folga, mas em pleno trabalho, mas não em um dia de trabalho comum, não. O encontro se dá em um dia em que Pedro, bastante experiente em sua profissão, não havia pego nada. O mar não estava pra peixe!

Mas tudo tem um propósito diante de Deus e este propósito vai prevalecer: (Provérbios 19:21), Vemos que Pedro tem um propósito, Jesus tem outro, e o encontro fará com que o propósito de Deus prevaleça. E a forma como prevalece é para atentarmos: Vejamos:

 

Lucas 5:1-11

a- A pescaria não havia sido frutífera. Tinha sido um fracasso?

b- Porque a pescaria não foi um sucesso possibilitou a Jesus usar o barco de Pedro para pregar sua mensagem. (É assim que Jesus busca e salva). Se a pescaria tivesse sido boa, Pedro estaria ocupado demais para dar atenção a Jesus.

Nossa vida não é um acaso, nossa vida é um propósito de Deus onde tudo o que acontece contribui para nós que amamos a Deus (Romanos 8:28)

c- A mensagem de Jesus não esclareceu de imediato a Pedro sobre os propósitos de Deus para ele, mas o encheu de fé (Romanos 10:17) e Pedro disse a Jesus: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, sob a tua palavra, lançarei a rede.

d- Quando Pedro puxou a rede, vieram tantos peixes que o barco quase afundou. A pergunta dentro disso é: O que Pedro podia querer mais naquele momento? Como profissional, como chefe de família, como responsável pelo abastecimento de peixes no mercado, qual seria a vontade de `Pedro ao ver sua rede cheia de grandes peixes?

Certamente Pedro poderia dizer, mestre te seguirei por onde for, por que entendo que contigo há fartura e prosperidade. Poderia lembrar o salmo que diz que Deus satisfaria os desejos do meu coração. (Salmos 37:4)

Mas os propósitos do Senhor é que vão prevalecer.

Qual era o propósito de Jesus na vida de Pedro? e qual seria o propósito de Satanás na vida de Pedro?

Pedro era um pescador experiente e sabia que aquela pescaria tinha algo em comum. Ele disse a Jesus: Senhor, ausenta-te de mim, que sou um homem pecador (vs 8b). E fez isso prostrado aos pés de Jesus.

Quando Jesus se revela a nós, qual é a nossa reação? Nem todos entenderam que ali estava alguém digno de ser chamado “Senhor” ou “Adonai” (nome que substitui o nome Impronunciável deYHWH (Yahvéh ou Javé). Deus.

Jesus estava sendo reconhecido por Pedro como Deus, por isso ele diz: “ausenta-te de mim que sou??? pecador.

Então vem o chamado de Deus para Pedro, Tiago e João, mas vamos nos reter ao chamado de Pedro;Não temas; de agora em diante serás pescador de homens.

Há isso não estava nos planos de Pedro, mas os propósitos do Senhor prevalecerá.

O barco estava cheio, era tudo o que queriam, pescaram a noite toda para isso e agora estão ali diante de uma das maiores pescarias deles, mas qual foi a resposta de Pedro: E, levando os barcos para terra, deixaram tudo, e o seguiram.

Os olhos de Pedro mudaram de direção, deixaram tudo, o primeiro contato de Pedro com Jesus, o fez conquistar tudo o que queria, o segundo contato de Pedro com Jesus o levou a deixar tudo que sempre quis.

Deus não desiste de nós, nem dos planos dele para nós.

 

Ao voltarmos para o texto acima (João 21:15), antes do confronto de Jesus para com Pedro, vemos que Pedro voltou a pescar após a morte de Jesus na cruz. Jesus havia morrido, Pedro não havia entendido ao certo os planos de Deus para sua vida, Pedro havia fracassado outra vez, agora tinha sido pior, ele tinha “negado” a Jesus, mesmo sabendo que este era o próprio Deus na terra e que o havia escolhido (Lucas 22:61). O jeito era voltar a pescar e procurar esquecer tudo aquilo que passou. Foram três anos com o mestre, não seria fácil tocar a vida como uma pessoa comum. Quem reconhece que foi separado por Deus, não consegue mais viver sem Deus, e Deus não está interessado que venhamos conseguir esquecê-lo. Então Jesus lembra Pedro. João 21: Lançai a rede para o lado direito do barco, e achareis. Lançaram-na, pois, e já não a podiam tirar, pela multidão dos peixes.

 

Já ouvi isso antes, disse João a Pedro! (Vs. 7). Agora é João quem reconhece Jesus e o diz a Pedro que no mesmo instante se lança ao encontro de Jesus.

 

Novamente Pedro deixa tudo, tendo recebido tudo. Mas desta vez, ele não negará ao chamado de Deus para sua vida.

 

Conclusão: É muito bom quando entendemos que podemos ter tudo o que desejamos, sem ter tudo o que desejamos. Você entende qual é o propósito de Deus para sua vida?

 

Entender quem é Jesus, nos leva a lançar mão de nós mesmos e deixar com que Deus seja tudo em nós.

No começo da mensagem tem uma pergunta: e qual seria o propósito de Satanás na vida de Pedro?

 

Jesus revela a Pedro: “Disse também o Senhor: Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo;”(Lucas 22 : 31)

 

O Inimigo queria destruir Pedro, Jesus queria salvar Pedro.

 

E você? Qual o propósito de Deus pra você?

 

Se Jesus tem um chamado em sua vida, atenda, pois servir ao Senhor, pode ser uma forma encontrada por Jesus para lhe dar Sua proteção e vida.

 

O primeiro contato de Pedro com Jesus, o fez conquistar tudo o queria, o segundo contato de Pedro com Jesus o levou a deixar tudo.

 

Você está em qual parte do contato com Jesus?

 

Pastor Sidney

 

 

 ___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 Ficamos como os que sonham!

Quinta Semana

 

Salmos 126: 1QUANDO o SENHOR trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham.2  Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: Grandes coisas fez o SENHOR a estes.3  Grandes coisas fez o SENHOR por nós, pelas quais estamos alegres.4  Traze-nos outra vez, ó SENHOR, do cativeiro, como as correntes das águas no sul.5  Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria.6  Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos.

 

Esperamos tanto e com tal ansiedade pela promessa de Deus que quando esta acontece, demoramos para acreditar que realmente Deus nos abençoou. As pessoas a nossa volta são as primeiras a verem e reconhecerem que realmente Deus faz por nós.

Mas a pergunta que fazemos é: Será que estamos prontos para receber as bênçãos de Deus em nossa vida?

Será que não vamos nos perder diante da promessa alcançada? Será que como aqueles nove leprosos (Lucas 17:11-18),nós também não teremos nosso coração ingrato diante de Deus e nem sequer voltaremos para lhe agradecer e segui-lo?

O texto me de Salmo 126 pode ser dividido entre:

  1. a) receber >vs 2
  2. b) reconhecer >vs 3
  3. c) pedir >Vs 4
  4. d) Confirmar >Vs 5, 6

Por que pedir?  Vs 4 Ainda estamos sonhando, como quem demora para crer que recebeu e já está pedindo? Porque pedir, indica que nos aproximaremos novamente de Deus, pedir indica que se nos contentarmos com o que recebermos, corremos o risco de não mais buscarmos a Deus. Deus não tem limitações para abençoar seu povo, se existe alguma limitação ela se encontra em nós e devido a isso é que muitas vezes ficamos pedindo sem ver o resultado de nossas petições. Tiago diz que pedimos e não recebemos, porque pedimos mal (Tg 4:3).O vs 5 e6 do texto acima diz que se pedirmos receberemos, pois o que leva a semente chorando, volta com alegria colhendo.

Quando é que estamos preparados para receber da parte de Deus? É quando entendemos que sem Ele , nada somos, nada podemos fazer (João 15:5),  que independente de recebermos ou não, nós precisamos de Deus e vamos precisar sempre. Por isso Tiago diz:

Achegai a Deus e Ele se achegará a vós(Tiago 4:8 parte a).

Quando Deus livrou o seu povo (hebreus) do cativeiro no Egito, Ele disse que Faraó deveria deixar o povo ir, porque eles iriam prestar cultos a Deus (Êxodo 5:1).

A razão de nos aproximar de Deus é para lhe cultuar, adorar, louvar o Seu Nome que é digno de honras, Glórias e Louvor e o servir. No céu onde Deus habita, Ele é adorado em todo o tempo pelos anjos que dizem Santo, Santo, Santo é o Senhor[…] (Isaias 6:3),o Universo Louva ao Senhor, as estrelas louvam ao Senhor, os pássaros louvam ao Senhor…

Tudo que tem fôlego louva ao Senhor (Salmos 150)

E os anjos em sua adoração diz que Toda a terra está cheia da Glória de Deus. A Adoração expressa-se pela verdade, então quando Deus olha para a Terra, Ele tem que ver Adoração, Glória e Louvor. Deus olha para nós e espera ver isso em nós. Ele não nos tirou do cativeiro do mundo, porque nós O estávamos louvando, não, Ele nos tirou do Cativeiro para que nós o louvássemos.

Quando Jesus na tentação no deserto é questionado sobre louvar a outro que não seja Deus, Ele responde dizendo que só ao Senhor adorarás e o servirás (Mateus 4:10).Glória a Deus!

Quando Deus te chama para louvar, Ele não está dizendo somente para que você cante, nem que levante suas mãos e feche os olhos, não! Quando Deus nos chama e nos liberta, Ele nos convida a Adoração que implica em tudo o que fizermos que exalte o Seu Nome e que nos leve a reconhecer que Ele é Tudo em nós. Isso é Glória que enche toda a Terra.

Quando fazemos assim, nos achegamos a Deus, e quando nos achegamos a Deus, Ele vem ao nosso encontro e se achega à nós.

Louvai ao Senhor

 

Pastor Sidney

 

 ___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

A Unção com óleo de alegria

Sexta Semana

 

Texto base: Isaías 61: 1:7

 

CAPÍTULO 61

A salvação é proclamada

1  O ESPÍRITO do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;2  A apregoar o ano aceitável do SENHOR e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os tristes;3  A ordenar acerca dos tristes de Sião que se lhes dê glória em vez de cinza, óleo de gozo em vez de tristeza, vestes de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantações do SENHOR, para que ele seja glorificado.4  E edificarão os lugares antigamente assolados, e restaurarão os anteriormente destruídos, e renovarão as cidades assoladas, destruídas de geração em geração.5  E haverá estrangeiros, que apascentarão os vossos rebanhos; e estranhos serão os vossos lavradores e os vossos vinhateiros.6  Porém vós sereis chamados sacerdotes do SENHOR, e vos chamarão ministros de nosso Deus; comereis a riqueza dos gentios, e na sua glória vos gloriareis.7  Em lugar da vossa vergonha tereis dupla honra; e em lugar da afronta exultareis na vossa parte; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria.

 

Hebreus 1: 9Amaste a justiça e odiaste a iniquidade; por isso Deus, o teu Deus, te ungiu Com óleo de alegria mais do que a teus companheiros.Conferir com Salmos 45:7

Jesus foi ungido com uma unção maior do que qualquer outro e portanto Ele pode nos abençoar com uma unção que despedaça qualquer jugo na nossa vida, qualquer motivo de tristeza profunda pode ser quebrado com a presença de Jesus em nossa vida.

Salmos 100: 2; Romanos 12:8 e Salmos 2:11, mostra que Deus quer que o sirvamos sim, mas de forma alegre, voluntária e feliz. Jamais conseguiria isso, não fosse a presença de Jesus na nossa vida, uma vez que a tristeza tem sido um dos maiores males da sociedade contemporânea.  Depressão, medo, nervosismo tem sido uma constante na vida das pessoas, mas Deus quer mudar isso.

O salmista entendia sobre essas coisas quando inspirado por Deus, ele diz: Samos 42: 5Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei pela salvação da sua face.

O Salmista sabia que esperar em Deus era e ainda é a solução para alegrar a alma perante e diante do serviço ao Senhor, mas não somente diante do Senhor, mas também diante daqueles que nos rodeiam, nossos familiares e amigo, em nosso serviço e por onde quer que formos.

Óleo de alegria em vez de tristeza. veste de louvor em vez de espírito angustiado (vs 3). Não há dúvida quanto a plena vontade de Deus para nós e a o texto afirma que quando estamos diante do Senhor o Espírito de Deus nos unge para reverter a nossa situação. Devemos buscar viver na plenitude do Espírito Santo de Deus.

Como podemos fazer isso?

A exposição da Palavra de Deus traz alegria aos que pregam e aos que ouvem ( Atos 15:3 e Atos 8:8)

Na presença de Deus, onde quer que  chegarmos temos o poder de levar a alegria e expulsar a tristeza. Salmos 119:74

Alegria em ir a Casa de Deus. O salmista dizia: Alegrei-me quando me convidaram para estar na casa do Senhor. Salmo 122:1

Por fim, quando estamos diante do Senhor, nos sentimos fortalecidos, pois, não há tristeza na Presença de Deus, nos céus não há choro, pois o Senhor enxugará nossa lágrimas, e onde o Senhor está tem alegria e a alegria do Senhor é a nossa força.

Resumo: Devemos buscar na Presença de Deus a unção de alegria para expulsar a tristeza que enfraquece e não nos permite transformar nossa casa, igreja, e aos que nos rodeiam, em um lugar de paz e prazer, trocando a tristeza por alegria e vestindo as vestes de louvor.

Deus abençoe a tua casa com a Unção de Alegria e Vestes de louvor.

Pastora Neusa

 

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

A Benção de ObedeEdom> Servir ao Senhor com Alegria

Sétima Semana

“Quem não participou de minhas tristezas, não podem compreender o motivo de minhas alegrias (pastor Sidney)”.

2ª Samuel Capítulo 6: 1 – 23

Davi sabia que Deus habitaria no meio de Seu povo e intentou levar a Arca para Jerusalém que é o Centro (meio) de Israel. A Arca havia permanecido na casa de Abinadabe durante 20 anos e seu filho Eleazar havia sido consagrado para cuidar da Arca (ver 1 Samuel 7: 1,2).

A Arca tinha sido deixada na cidade de Quiriate- Jearim pelo período do reinado de Saul que fora eleito rei. Se voltarmos um pouco na história, vamos entender que a Arca tinha sido conduzida para lá após os filisteus a terem levado como troféu de guerra nos tempos de Eli o sacerdote. (ver 1 Samuel capítulo 4 ao capítulo 6). Os filisteus então devolveram a Arca para o povo de Deus com uma oferta, e o transporte foi feito em uma carroça nova, puxada por duas vacas com cria.

Quando Davi levou a Arca da casa de Abinadabe, este o fez de acordo com o que viu os filisteus fazerem, ou seja; mandou construir uma carroça e colocou a Arca em cima e assim se dirigiram para Jerusalém.  Mas Davi cometeu alguns erros que foram suficientes para mudar os planos de Davi. A Arca não podia ser conduzida em carroças, mas sim nos ombros dos Levitas, somente estes poderiam conduzi-las, também não vemos a presença de Eleazar no trajeto, mas sim os filhos de Abinadabe, a saberUzá e Aiô para guiarem a Arca. Uzá cresceu vendo a Arca na casa de seu pai, e isto possivelmente fez com que se acostumassem com a presença de Deus, mas não com temor, pois não há menção de manifestação de Deus nestes vinte anos.

No caminho os bois tropeçaram e rapidamente Uzá segurou na Arca (1 Samuel 6: 6). Isso foi fatal para Uzá que morreu na hora, pois ninguém podia tocar na Arca. Isso nos adverte, que não é porque estamos acostumados com Deus que temos liberdade de fazer o que queremos em sua Obra.

9 Temeu Davi ao ver que Deus irrompera contra Uzá e disse: Como farei para que a Arca do Senhor venha a mim? E Davi não quis mais levar a Arca para Jerusalém e a deixou na casa de ObedeEdom, o geteu. Geteu era o nome que se dava aos moradores de Gate; cidade dos filisteus. Então ObedeEdom não era levita, mas recebeu a Arca em sua casa. Certamente diante da morte de Uzá, ninguém ousava tocar na Arca e assim ela fica por três meses na Casa de ObedeEdom.

E o Senhor abençoou a ObedeEdom, o geteu e a sua família.

A notícia que Deus havia abençoado a ObedeEdom e sua família levou Davi a voltar alí para conduzir a Arca para Jerusalém. Davi entendera que se Deus estava abençoando, então Sua Ira tinha sido aplacada.

A Palavra de Deus em 1 Samuel 6:12diz que Davi com alegria fez subir a Arca para Jerusalém a Cidade de Davi. Davi havia passado por uma experiência triste, sua decisão de levar a Arca havia custado a vida de um homem, agora Davi não queria cometer erros. Consultou os estudiosos da Torá (livro sagrado dos judeus) e descobriu que somente os levitas deveriam levar a Arca do Senhor e só os sacerdote deveriam oferecer sacrifícios a Deus para que este os abençoassem ( 1 Crônicas 15: 12-15).

Por que Deus abençoou a casa de ObedeEdom o geteu, sendo que este não era hebreu e nem tinha autorização para receber a Arca em sua casa? O versículo 12 explica dizendo que ObedeEdom “amou a arca do Senhor” e por isso foi abençoado. Ele não recebeu a Arca (presença de Deus) em sua casa por obrigação ou ganância, mas sim por amor. É assim que devemos receber ao Senhor em nosso lar.

A regra estabelecida era que a cada passo que os levitas dessem os sacerdotes deveriam fazer um sacrifício ao Senhor, uma espécie de oferta que era entregue nas mãos do sacerdotes para que estes oferecessem ao Senhor. Foram seis passos e seis sacrifícios, cada passo podemos entender que havia uma grande preocupação; dá última vez que tentaram conduzir a Arca, uma pessoa tinha morrido, a Arca havia ficado durante vinte anos na casa de Abinadabe sem se mostrar qualquer manifestação da parte de Deus e a última manifestação de Deus acabara na morte de um homem.

Cada passo agora era acompanhado de um clima tenso, por fim foram dados os seis passos e consequentemente seis sacrifícios e nada aconteceu de ruim. Davi entendeu então que Deus aceitara para a Cidade de Davi, a alegria foi tanta que Davi saltava e dançava no meio de todos ali presentes. Imagina a situação: Davi era um rei a frente de uma nação, mas ele estava tão feliz que não se importava com o que haveriam de pensar dele. Assim devemos ser. O que Deus fez por você nestas seis semanas em que você abriu as portas de sua casa para cultuar a Deus? Como nós temos celebrado ao Senhor pelos seus feitos em nossa vida?

A própria esposa de Davi o criticou, mas Davi não parou, ele continuou e com alegria saltava e dançava fazendo aquilo que estava em seu coração. Foram muitos anos esperando que Deus fizesse algo e agora Deus começava a dar sinais de aceitação. Introduziram a Arca na Tenda preparada por Davi e com músicas e danças, louvavam e ofertaram ao Senhor.

“Quem não conheceu a sua dor, não entenderá o motivo de sua alegria”

Não pare, continue!  Davi não parou no sexto passo, na sexta oferta, no sexto sacrifício. A resposta de Deus não era para Davi um sinal para parar e sim para continuar. Muito mais o Senhor faria. Aquele que começou a boa obra é fiel para completá-la.

Davi abençoou o povo de Israel com bolo de mel, um pedaço de carne e passas. Por que Davi abençoava o povo? Porque Deus o abençoara. Primeiro foi dado uma oferta para Deus os abençoar e agora dava uma oferta porque tinham sido abençoado.

E ObedeEdom? Quem já pisou no santo do santo em outro lugar não sabe viver. Vamos encontrar ObedeEdom servindo ao Senhor como porteiro da Arca louvando entre os levitas na Casa de Deus diante do Senhor (1 Crônicas15:24; e 16:5).

Faça como ObedeEdom: Abra a porta de sua casa para Deus abençoar, e Deus abre as portas da Casa Dele para você O servir.

Deus tem te abençoado? Servi ao Senhor com Alegria e apresentai-vos a Ele com canto (Salmos 100:2).

Deus te abençoe!

Pastor Sidney